O ReadSpeaker Enterprise Highlighting (Leitura com Destaque) permite aos proprietários de um site converterem facilmente texto online em voz oferecendo assim uma experiência melhorada e mais acessível aos utilizadores.

A ReadSpeaker anunciou hoje o lançamento do Enterprise Highlighting 2.5 que traz grandes avanços e novas funcionalidades. Com a nova versão, os proprietários de sites podem oferecer aos seus utilizadores um produto de conversão texto-voz totalmente personalizável e acessível.

As novas opções de personalização dão aos clientes a oportunidades de adaptarem da melhor maneira o estilo do player (leitor de áudio) do ReadSpeaker ao design do seu site. O novo player tem total suporte para áudio HTML5, o que significa que mais recursos estarão disponíveis num maior número de dispositivos e sistemas de navegação, sem ser necessário que o dispositivo do utilizador suporte Flash.

Em termos de acessibilidade, o player é completamente acessível através do teclado e funciona bem tanto com leitores de ecrã como com ferramentas de aumento. O serviço adapta-se às capacidades de áudio do sistema de navegação do utilizador e usa o melhor meio de reprodução disponível.

O ReadSpeaker Enterprise Highlighting 2.5 oferece aos utilizadores finais novas funcionalidades, tais como o scroll automático da página; este é feito à medida que o texto vai sendo lido e destacado, de modo a que as páginas mais extensas possam ser seguidas com maior facilidade. O utilizador tem agora a possibilidade de escolher as cores a usar no destaque das palavras e / ou frases que são lidas. A função de selecção de texto permite ouvir apenas certas partes da página através do novo player que surge junto ao texto seleccionado.

“A nova versão do ReadSpeaker Enterprise Highlighting proporciona uma experiência ainda mais agradável, acessível e personalizável tanto aos nossos clientes como aos seus utilizadores. Este foi um dos focos centrais para este lançamento, juntamente com mais flexibilidade, melhor qualidade e um design gráfico melhorado”, diz Niclas Bergström, CEO da ReadSpeaker.